Início » Alergias ao calor, quais são os sintomas?
alergia ao calor
alergia ao calor
Lifestyle

Alergias ao calor, quais são os sintomas?

11 Partilhas

A maior parte das vezes, aquilo que pensamos que é uma alergia ao calor ou ao Sol não passa de reações que resultam de uma forte exposição solar ou da frequência de locais muito quentes.

Essas reações podem ser potenciadas pelo calor conjugado com o uso de roupas sintéticas ou alguns tipos de bijuteria.

O facto de o calor despoletar maiores graus de transpiração, também pode explicar o aparecimento de lesões na pele que podem ser conotadas com alergia ao sol e ao calor. 

Estima-se que cerca de 30 por cento da população sofra de algum tipo de alergia associada ao calor.

Os recém-nascidos, por exemplo, são um grupo de risco em relação ao aparecimento de alergias, se pensarmos que a camada da pele ainda está a desenvolver e as glândulas responsáveis pelo suor também.

A brotoeja é o nome que vulgarmente é associado a este tipo de alergia nos bebés ou nas crianças pequenas e pode, também, acontecer nos adultos quando está muito calor ou quando há prática muito intensiva de desporto.

Younited Credit Portugal

Para além da brotoeja, a dermatite de contacto, a urticária e as alergias, causadas pelas picadas de insetos, também podem dar azo a sintomas de alergia e são as mais comuns, entre adultos e crianças.

Sintomas que podem alertá-lo para uma possível alergia ao calor

Existem cinco sintomas que podem ser indicadores de ocorrência de alergia ao calor:

– Aparecimento de pequenas bolas vermelhas nas zonas da pele que ficam mais expostas ao sol ou que mais transpiram;

– Comichão agravada nas regiões do corpo mais afetadas;

– Aparecimento de crostas, derivado à elevada fricção, durante o ato de coçar as pequenas rosáceas que vão surgindo;

– Surgimento de maior zona vermelha, na pele, vulgarmente chamadas de placas vermelhas;

– Inchaço na região da pele que ficou mais exposta ao sol.

Existem outros sintomas que a exposição ao sol, em demasia, pode despoletar como náuseas, diarreia, vómitos, cansaço em excesso ou dificuldades em respirar.

Estes sintomas podem aparecer mais frequentemente no seio de alguns grupos de risco, nomeadamente, entre os idosos, as crianças ou as pessoas acamadas.

Se tiver estes sintomas, vale a pena vigiar o pescoço e as axilas, uma vez que são as regiões do corpo onde a alergia é mais visível. 

O que pode fazer para tratar os efeitos da alergia ao calor

– Hidrate a sua pele!

A hidratação da pele é essencial no tratamento da alergia ao calor, devendo privilegiar o uso de cremes ricos em babosa ou calamina.

Deve, também, banhar-se com frequência e beber muita água;

– Opte pelo uso de roupas frescas e leves e mantenha-se num ambiente arejado;

Younited Credit Portugal

– Use compressas embebidas em chá de camomila para uma redução da irritabilidade da pele.

Em casos mais graves, pode ser necessário usar cremes ou pomadas com corticoides.

Tenha em conta que estes produtos devem ser utilizados sob aconselhamento médico e por um curto período de tempo e em quantidades moderadas de modo a não danificar a pele.

11 Partilhas