Início » Carta de mota – Afinal qual é a idade?
Carta de moto
Carta de moto
Motores

Carta de mota – Afinal qual é a idade?

23 Partilhas

Está a pensar tirar a carta de mota?  

Ou o seu filho tem-lhe pedido para tirar a carta de mota?

Não disse sim nem não mas antes um “nim” porque ainda há muita coisa que lhe escapa sobre este assunto?

Nós vamos esclarecer muitas dúvidas, certamente.

Idade, categoria, potência são algumas das dúvidas mais frequentes e pertinentes. 

Em assuntos de motores, a informação é rainha! Vamos a isso! 

Categorias de carta de mota:

Atualmente existem em Portugal 3 categorias de carta de condução de motociclos.

A lei está em vigor desde junho de 2013.

As categorias são: A1, A2 e A.

Há ainda a categoria AM que diz respeito a uma licença para conduzir ciclomotores com uma cilindrada mais baixa do que 50. 

Aqui é como em muitas carreiras profissionais – tem que se subir no sistema de progressão.

Quer isto dizer que há efetivamente um sistema de progressão, limitado pela idade e onde os condutores têm de permanecer um período mínimo de dois anos nas categorias A1 e A2 para poderem então ascender à categoria A. 

Entendendo melhor as categorias:

A categoria AM Ciclomotor é uma licença especial de condução para jovens.

Com 14 anos pode pedir-se essa licença para conduzir um ciclomotor de 50cc e com um limite de velocidade de 45km/h.

Cumpridos estes requisitos, o jovem é obrigado a ter 7 horas teóricas de formação e 8 horas de aulas práticas. 

Note-se que não se pode transportar passageiros nem conduzir em autoestradas. 

Para quem é detentor de uma carta de condução automóvel não é necessário pedir esta licença.

Quem tem carta de condução de automóvel pode, portanto, conduzir um ciclomotor sem esta licença. 

Categoria AM: A categoria AM da carta de condução inclui todos os ciclomotores e motociclos até 50 centímetros cúbicos que não excedam os 45km/h, tratocarros e máquinas industriais com massa máxima não superior a 2500kg, quadraciclos ligeiros e motocultivadores com reboque ou retrotem.

Aqui inclui-se duas faixas etárias: a dos 14 anos que referimos anteriormente e que diz respeito à licença especial e a dos 16 anos ou mais.

A partir desta idade, o condutor pode habilitar-se à carta de condução de mota AM, desde que o ciclomotor não ultrapasse os 45km/h e tenha 50cc.

Terá que fazer uma formação teórica e sujeitar-se a exame e, posteriormente fazer a formação prática culminando esta também num exame.

As restrições anteriores mantêm-se.

Também aqui se mantém a situação de quem possuir carta de condução automóvel poder conduzir um ciclomotor que respeite as normas previstas nesta categoria sem necessidade de tirar a Carta AM. 

Categoria A1

Esta categoria exige a frequência em formação teórica, o código e um exame e a formação prática e um exame.

A partir dos 16 anos pode-se tirar esta carta e conduzir uma mota ou scooter de 125 cc, limitada a 15cv (11kw) de potência e uma relação peso/ potência de 0,1 kw/kg. 

Categoria A2

Esta categoria é para todos os que tenham mais de 18 anos.

Não há limite de cilindrada mas há limite de potência de 47cv (35kw) e uma relação peso/ potência de 0,2kw/kg. 

O jovem que estiver a 6 meses de fazer os 18 anos já se pode inscrever.

Para quem tem a categoria A1 não é exigido a frequência das aulas nem o exame teórico.

Terá apenas que realizar as 12 aulas práticas e o exame. 

Categoria A 

Aqui inserem-se as motos sem limite de cilindrada e potência.

Quem tem a Carta A2 aos 18 anos, aos 20 pode propor-se a realizar o exame prático para esta ficando dispensado da parte teórica. 

Com 24 anos pode fazer-se esta carta cumprindo as frequências e exames exigidos.

Quem tem a Carta A1 pode propor-se a exame sem frequentar a parte teórica. 

Para os que têm a Carta B e B1 e queiram esta categoria devem frequentar 4 aulas específicas e fazer exame. 

23 Partilhas