celulas-estaminais
celulas-estaminais

Células estaminais: a chave para a cura de doenças incuráveis

Células estaminais: a ciência revolucionária que está mudando o mundo da medicina”

O que são células estaminais?

Células estaminais são células no corpo que têm a capacidade de se dividir e se transformar em vários tipos de células diferentes.

Elas são consideradas “não diferenciadas”, ou “indiferenciadas”, porque ainda não se transformaram em células específicas do corpo, como células do sangue, células da pele ou células do cérebro.

São encontradas em vários tecidos do corpo, incluindo medula óssea, sangue do cordão umbilical, tecido adiposo e tecido do dente.

Elas também são encontradas no embrião no estágios iniciais de desenvolvimento.

Têm o potencial de se transformar em qualquer tipo de célula do corpo e, por isso, têm um grande potencial para a medicina regenerativa.

Como é feita a recolha das celulas?

coleta de células-estaminais pode ser feita de várias maneiras, dependendo do tipo de célula e do local onde elas são encontradas.

Algumas das maneiras comuns de recolha de células estaminais incluem:

  1. Medula óssea: A coleta de células-estaminais da medula óssea é geralmente realizada sob anestesia geral. Uma agulha é inserida na medula óssea, geralmente na parte superior do osso do quadril, e células-estaminais são aspiradas para fora.
  2. Sangue do cordão umbilical: As células-estaminais do sangue do cordão umbilical são coletadas durante o parto. O sangue é coletado do cordão umbilical e do placenta antes do corte do cordão umbilical.
  3. Tecido adiposo: As células estaminais podem ser coletadas do tecido adiposo através de lipoaspiração, um procedimento cirúrgico comum que remove gordura do corpo.
  4. Tecido dental: As células-estaminais podem ser coletadas de tecidos dentais (ex:dentes de leite) através de procedimento simples, semelhante a uma extração dentaria.
  5. Tecido da placenta: As células estaminais podem ser coletadas da placenta, o mesmo procedimento que ocorre com o sangue do cordão umbilical.

Qual é o custo de guardar celulas estaminais?

O custo de armazenar células-estaminais varia dependendo do tipo de célula, do local onde elas são armazenadas e do período de tempo que elas são armazenadas.

Em geral, o armazenamento de células-estaminais de medula óssea ou sangue do cordão umbilical pode custar entre alguns centenas e milhares de euros, enquanto o armazenamento de células-estaminais embriônicas pode custar mais.

Além disso, é importante lembrar que o armazenamento de células-estaminais deve ser renovado anualmente, o que pode acrescentar ao custo total.

Algumas empresas oferecem planos de pagamento para ajudar a tornar o armazenamento acessível financeiramente.

Qual é a diferença entre células adultas e células embriónicas?

Células-estaminais adultas são encontradas em tecidos adultos específicos, como medula óssea, sangue do cordão umbilical, tecido adiposo e tecido do dente.

Elas têm a capacidade de se diferenciar em vários tipos de células do corpo, mas sua capacidade de diferenciação é limitada comparada com estaminais embriônicas.

Células-estaminais embriônicas, por outro lado, são encontradas no embrião em estágios iniciais de desenvolvimento e têm a capacidade de se diferenciar em qualquer tipo de célula do corpo.

Elas são consideradas “pluripotentes”, o que significa que podem se transformar em muitos tipos diferentes de células.

Por causa de sua capacidade de se transformar em qualquer tipo de célula, as células estaminais embriônicas têm um grande potencial para a medicina regenerativa.

No entanto, o uso de células estaminais embriônicas é altamente polémico, pois envolve a destruição de embriões humanos.

Como as células estaminais podem ser usadas na medicina regenerativa?

Células-estaminais têm o potencial de se transformar em vários tipos de células, o que torna possível sua utilização na medicina regenerativa para reparar ou substituir tecidos danificados ou doentes.

Algumas das principais aplicações incluem:

  1. Tratamento de doenças genéticas: Células-estaminais podem ser usadas para corrigir as mutações genéticas que causam doenças genéticas.
  2. Tratamento de doenças do sangue: Células estaminais adultas do sangue do cordão umbilical podem ser usadas para tratar doenças do sangue, como leucemia.
  3. Tratamento de doenças neurodegenerativas: Células-estaminais podem ser usadas para reparar ou substituir células cerebrais danificadas ou perdidas em doenças neurodegenerativas, como o mal de Parkinson.
  4. Tratamento de lesões: Células estaminais podem ser usadas para reparar tecidos danificados, como músculos, ossos e cartilagem.
  5. Tratamento de doenças da pele: Células estaminais podem ser usadas para tratar doenças da pele, como queimaduras, feridas e feridas crónicas.

Existem riscos associados à utilização de células estaminais?

Alguns dos riscos potenciais incluem:

  1. Rejeição imunológica: As células estaminais transplantadas podem ser rejeitadas pelo sistema imunológico do paciente, o que pode afetar a eficácia do tratamento.
  2. Formação de tumores: Existe o risco de que as células estaminais transplantadas possam se transformar em tumores malignos.
  3. Efeitos secundários: A administração de células estaminais pode causar efeitos secundários, como dor, inchaço ou reações alérgicas.
  4. Infecção: Existe um risco de infecção associado à administração de células-estaminais, especialmente se as células não foram devidamente limpadas ou preparadas antes do transplante.
  5. Teratogenicidade: O uso de células estaminais embriónicas tem um risco associado de teratogenicidade, ou seja, a formação de tumores benignos que contém tecidos de diferentes orgãos.

Existem regulamentações específicas no uso de células-estaminais em Portugal.

A legislação portuguesa permite o uso de células estaminais adultas e células estaminais de sangue do cordão umbilical, mas restringe o uso de células estaminais embriônicas.

Em Portugal, é proibido a clonagem humana e a produção de embriões para fins de investigação.

Além disso, é necessário obter autorização prévia do Conselho Nacional de Saúde e do Conselho Nacional de Ética para a Realização de Investigação Biomédica para realizar qualquer tipo de pesquisa com células-estaminais.

As pesquisas com células-estaminais são reguladas e monitoradas pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, que tem o objetivo de garantir que essas pesquisas sejam realizadas de forma segura e ética.

Que empresas estão a prestar este serviço?

Existem várias empresas que oferecem armazenamento de células-estaminais em Portugal, incluindo:

  1. Futurehealthbiobank
  2. bebevida
  3. bebecord
  4. ferticare
  5. crioestaminal

Essas empresas oferecem serviços de coleta, armazenamento e distribuição de células-estaminais de sangue do cordão umbilical.

Algumas dessas empresas também oferecem serviços de armazenamento de células-estaminais da medula óssea.