Credito pessoal

Crédito imobiliário, vai comprar casa?

Crédito imobiliário
Crédito imobiliário
1 Partilhas

Crédito imobiliário, vai comprar casa?

O crédito imobiliário, conhecido como crédito à habitação, é provavelmente o maior compromisso financeiro que muitos de nós assumimos. Quer por ter um valor elevado, quer pelo prazo de pagamento.

É por isso que devemos ter particular atenção a tudo o que diz respeito ao crédito imobiliário.

 

Quando pedir um crédito imobiliário

Primeiramente devemos saber que o crédito imobiliário é usado para:

  • Comprar casa
  • Comprar terreno para construção
  • Construção de uma casa

O crédito imobiliário pode ser solicitado para o financiamento de uma residência principal, ou até mesmo para uma casa de férias ou, quiçá, para arrendar.

O crédito imobiliário é um tipo de crédito hipotecário.

Assim sendo a instituição financeira pode recorrer à venda do imóvel para garantir o pagamento em dívida.

 

Dar garantias ao crédito

Para além desta garantira, a instituição financeira também pode pedir:

  • Fiador
  • Avalista
  • Seguro

Lembre-se que uma maneira de baixar o custo do crédito é apresentar boas garantias, com toda a certeza são uma boa forma de negociar a melhor taxa.

Considerando a duração deste compromisso, anteriormente a qualquer decisão imagine vários cenários económicos diferentes do atual. Dessa forma poderá definir um valor do crédito mais acertado.

Deve ter em consideração que as despesas no futuro poderão aumentar.

Assim sendo, nunca deverá pedir um empréstimo acima dos 40% dos rendimentos familiares.

Quanto menos gastar do seu rendimento familiar mensal, não só dará um cenário financeiro mais favorável, como também espaço de manobra para imprevistos.

Finalmente definido o valor que poderá investir numa casa, pode escolher o tipo de imóvel que pretende.

Com o intuito de obter um financiamento a 100%, poderá optar por uma casa do banco.

Caso opte por uma casa que não tenha este beneficio, à partida o financiamento será até 80% do valor da casa, ou do preço cobrado pela mesma.

Se o financiamento dos 80% for sobre o valor da casa, poderá até conseguir um financiamento equivalente ao valor que vai pagar, isto caso a avaliação da casa seja superior ao valor pedido.

Porém se a casa for vendida acima do valor da avaliação, terá um financiamento inferior ao esperado.

Para pedir um crédito imobiliário deve visitar o máximo de instituições financeiras possíveis.

Poderá fazer todas as questões e pequenas simulações. Consequentemente terá a melhor solução de financiamento.

 

A FINE e o crédito à habitação

Antes de finalizar o contrato analise sempre a FINE (ficha de informação normalizada europeia).

Na FINE encontrará:

  • TAEG, taxa anual de encargos efetiva geral
  • TAN, taxa de juros
  • Spread
  • Valor de empréstimo concedido
  • Período de duração
  • MTIC, montante total imputado ao consumidor
  • A modalidade de reembolso
  • Garantias
  • Seguro
  • As comissões
  • Serviços não obrigatórios contratados

Considere todos os valores mencionados na FINE.

 

Valores a considerar neste crédito

Para comparar créditos entre si tenha em consideração a TAEG e o MTIC.

Ora se a TAEG nos diz qual é o valor dos juros, as comissões que iremos pagar, as despesas com o processo e o valor dos juros.

O MTIC informa qual o valor que pagará no total ao banco.

Para saber quanto lhe vai custar o crédito basta retirar ao MTIC o valor que pediu emprestado, o resultado será o custo que o crédito imobiliário terá.

Uma vez analisados os números inicie o seu pedido de crédito imobiliário, tenha em consideração que poderá ter encargos como:

  • Comissões por análise de crédito
  • Comissão de abertura de crédito
  • Custo de imposto sobre o imóvel
  • Registo
  • Escrituras
  • Valor de iniciação de contrato de hipoteca

Uma vez o processo concluído aproveite o seu investimento, e em caso de sobressaltos, informe sempre a instituição financeira, assim evitará constrangimentos.

1 Partilhas