Credito pessoal rapido pela internet
Credito pessoal rapido pela internet
Credito pessoal

Crédito pessoal rápido pela internet

4 Partilhas

Crédito pessoal rápido pela internet

Na atualidade, a realidade tecnológica, exige soluções em todas as modalidades.

Assim sendo os bancos e agências de crédito pessoal iniciaram ofertas de crédito pessoal rápido pela internet.

Esta nova modalidade de pedido de crédito pessoal é mais rápida e não obriga a que tenha que se dirigir à instituição financeira. 

São aliás muitos os que oferecem regalias extras para os que se convertem ao crédito pessoal rápido pela internet.

Temos soluções de interação intuitivas para que o pedido seja rápido e fácil de perceber, bastando ao cliente ter acesso à internet.

Caso pense: “E se fizer este crédito pessoal rápido pela internet vou receber os documentos para analisar o crédito?

E quanto à assinatura, tenho que ir à instituição financeira?”

A resposta é:

  • Sim vai receber toda a informação assim que pedir a informação ao banco, e antes de ser assinar qualquer contrato.
  • Não vai ter de se dirigir à instituição financeira.
    Os processos são tratados via email, em software próprio, ou via carta.

Existem, portanto, fatores que não mudam e são estes os documento e obrigatórios e as taxas aplicadas.

Recorde-se que para pedir um credito pessoal terá que entregar uma serie de documentos e são este:

  • Comprovativo de Identificação
  • Comprovativo de morada, no caso de cidadãos estrangeiros terão que apresentar também a autorização de residência
  • Comprovativo de rendimentos, poderá ser pedido contrato de trabalho e os últimos três recibos
  • IRS do último ano decorrido e nota de liquidação

No caso do crédito pessoal ter mais que um titular terá que entregar os documentos de ambos.

Caso lhe seja pedido fiador como garantia, deverá entregar os documentos do fiador, que serão os mesmos que os seus.

No caso do crédito rápido pela internet as soluções de envio de documentos podem ser três:

  • Envio via email
  • Carregar os ficheiros em software da instituição
  • Envio de documento por carta registada com aviso de receção

Quanto às taxas, estas poderão ser mais baixas, como uma forma de o cativar a aderir a esta nova solução de pedido de crédito.

No entanto as taxas que lhe serão apresentadas são:

  • TAN: Taxa anual nominal. Esta taxa representa o valor de juros que irá pagar, no período de um ano, a percentagem recai sobre o valor do empréstimo.
  • TAEG: Taxa anual de encargos efetiva geral. Indica-lhe o valor dos juros que irão ser cobrados ao longo do ano, bem como o valor das comissões, das despesas com o processo de crédito e por fim de seguros.
  • MTIC: Montante total imputado ao consumidor. Um dos valores a que deverá dar extrema atenção, o MTIC diz-lhe quanto irá pagar no total à instituição financeira. Ou seja indica o valor que pediu emprestado e o custo do crédito. (ver: Qual o melhor financiamento para crédito pessoal).

Os valores que deverá ter sempre em consideração para escolher qual a empresa a quem irá recorrer são a TAEG e o MTIC.

Estes dois valores são bastante completos pelo que não terá surpresas.

Ainda assim leia atentamente a FIN (ficha de informação normalizada) para verificar se adquiriu alguma subscrição opcional, este documento é de entrega obrigatória antes de assinar o contrato.

As instituições financeiras que disponibilizam o crédito pessoal rápido pela internet fornecem ainda um simulador onde poderá analisar todos os valores acima mencionados.

Em alguns casos, de agência financeiras, não necessita de ter uma conta na instituição.

Neste casos, concretamente, poderá ser cliente de qualquer banco e manterá a sua independência bancária.

Terá de fornecer o seu IBAN por forma a ser associado um cartão com o valor de crédito pedido.

Os valores pedidos tendem a ser depositados poucos dias após o pedido de crédito.

Parece que estamos diante da mais fácil e intuitiva criação de crédito pessoal, graças as novas tecnologias.

4 Partilhas

Sobre o Autor

Pedro Henrique

Pedro Henrique