BX valor 03, Como decifrar esta sigla?

BX valor 03
BX valor 03

BX valor 03

Ao consultar o extracto bancário da sua conta ou um talão do multibanco deve ter observado, em algumas ocasiões, diferentes códigos que não são fáceis de assimilar e que, por sua vez, não consegue associar o movimento ao descritivo.

Por conseguinte, descodificar esse tipo de operações pode tornar-se numa missão complicada, para não dizer impossível.

Tal acontece, uma vez que a maioria das operações bancárias são registadas com siglas ou abreviaturas distintivas, que podem divergir de banco para banco.

De modo a não ficar mais uma vez a observar o seu extracto com um olhar confuso, neste artigo ajudamos a traduzir alguns dos termos mais frequentemente enunciados nas operações bancárias.

 BX Valor 02 transacco, BX Valor 03 e BX Valor 04 são três das abreviaturas mais empregues pelas instituições bancárias para retratar as transações de baixo valor que lhe surgem no extracto.

Tratam-se de movimentos que correspondem a pagamentos de portagens, da Via Verde ou de carregamento de telemóvel, que realiza com a utilização de um cartão bancário.



Além de que estas transacções não necessitam do código secreto, o PIN, e, posteriormente, são debitadas directamente na sua conta bancária que está associada a um respectivo cartão.

É importante salientar que este tipo de débitos directos não surge no mesmo dia em que transita, por exemplo, na Via Verde, nos movimentos da sua conta.

Por norma, essa operação estará visível alguns dias depois, ou em determinados casos, após algumas semanas no seu extracto.

Na consulta de movimentos de conta, poderá aparecer como BX valor 03, BX Valor Transac ou ainda Transacao BXV.

Se pretender verificar os referidos movimentos e atestar a sua origem, deverá seguir cuidadosamente os seguintes passos:

  • Em primeiro lugar, deverá aceder onde está mencionado “Pagamentos” e, em seguida, premir a opção “Pagamentos de baixo valor”.

Deste modo, terá acesso a todos os detalhes de cada pagamento, ou seja, a hora e data do movimento, o descritivo e também o montante.

Tenha atenção que esta informação apenas está disponível durante um período de dois meses e meio.

Algumas recomendações que deve ter em especial atenção

No site “Portal da Queixa”, surgem diversas reclamações de condutores, nas quais afirmam que lhes foi cobrado valores indevidos por parte do sistema de portagem electrónica, mais conhecido por Via Verde.

Neste caso, os proprietários das viaturas conseguiram identificar a origem do débito incorrecto por meio da sigla BX Valor 03. bx valor 03 crédito agricola.

Desta forma, ao ler este artigo, já tem a aptidão para decifrar facilmente o código.

E por essa razão, tenha muita atenção a todos os débitos directos que lhe são cobrados e verifique sempre se estão em concordância com o valor que deve ser retirado.

De forma a facilitar este processo, recomendamos que faça o download da aplicação da Via Verde, que está disponível para o software IOS e Android.

Assim, tem o acesso, através do seu telemóvel, a todas as transacções, a fim de verificar, de uma forma mais cómoda e segura, se os débitos estão todos certos.

É relevante notar que tais débitos diretos não são refletidos imediatamente no extrato, sendo comum que apareçam alguns dias ou semanas após a realização da operação. Para compreender melhor a origem desses movimentos, é recomendável seguir alguns passos específicos. Ao aceder à secção “Pagamentos” e selecionar a opção “Pagamentos de baixo valor”, terá acesso a detalhes como a data e hora da transação, o descritivo associado e o montante.

É importante destacar que essa informação só está disponível por um período de dois meses e meio. Agora, se pondera simplificar e organizar as suas finanças, o Crédito Consolidado da Cofidis pode ser a solução ideal. Ao consolidar os seus empréstimos num único crédito, poderá beneficiar de condições ajustadas às suas necessidades, proporcionando-lhe uma visão mais clara e compreensível das suas finanças. Entre em contacto com a Cofidis para mais informações personalizadas sobre o Crédito Consolidado.