Tendinite de Quervain – 1 em cada 5 portugueses sofre

Tendinite de Quervain
Tendinite de Quervain
O que pode encontrar neste artigo

A tendinite de Quervain é uma inflamação dos tendões extensor curto do polegar e abdutor longo do polegar.

Esses dois tendões permitem a extensão do polegar. Eles viajam ao longo do rádio e, próximo ao punho.

Sintomas

A dor geralmente está presente com o movimento.

Quando a inflamação é importante, a dor pode ocorrer à noite ou permanentemente.

A dor está localizada na borda do punho na extensão do polegar.

Diagnóstico

O diagnóstico da tendinite de De Quervain é estabelecido através da história do paciente e do exame clínico.

As manobras realizadas pelo médico podem desencadear a dor característica da tendinite de De Quervain (teste de Finkelstein, teste de Brunelli, teste WHAT).

O diagnóstico será confirmado por exames complementares.

A radiografia do punho permite procurar uma das causas da tendinite: calcificação, esporão ósseo, fratura antiga do rádio (calo vicioso).

O ultrassom permitirá visualizar a inflamação dos tendões e o espessamento do túnel (retináculo extensor).